• Equipe É DIA DE ESCREVER

Vamos de biblioteca

Neste ano, marcando nossa estreia, o ‘É Dia de Escrever’ realiza uma série de ações que objetivam a formação de novos leitores e, sobretudo, autores brasileiros. Para isso, além das já previstas oficinas de escrita criativa, contação de histórias, leituras e interpretação de textos, saraus e a publicação de uma antologia, o projeto acaba de realizar campanha online de arrecadação de livros que ampliam o acervo de 5 bibliotecas de São Paulo. Entre as unidades contempladas pela iniciativa, espaços periféricos como o Candearte e a Biblioteca Comunitária EJAAC, os interioranos Instituto Nuvem (Serra Negra) e Dr. Francisco Camara Ferreira (em São Manuel), além da Aldeia Nhamandu Mirim (Peruíbe),

Ao todo, mais de 500 novos títulos serão entregues entre novos e semi-novos. Destacam-se entre as obras, ‘AFROFENIX’, da escritora, poeta e slamer Tawane Theodoro, ‘O Tempero da Vovó’, do escritor, ator e contador de histórias João Luiz do Couto, ‘Transcrevendo Marginalidade’, da escritora, poeta e slamer Jéssica Campos, ‘Em Reticências’, da poeta Thata Alves, Minha carne, da escritora Preta Ferreira entre tantos outros.

“Entendemos que para a leitura ser incentivada, todos precisam se acostumar a andar entre os livros. Da infância à melhor idade. Por isso optamos em não só incentivar a escrita, como também ampliar e colaborar com espaços de leituras e bibliotecas espalhadas por municípios do estado de São Paulo. A maioria situados em locais de grande vulnerabilidade social e, em decorrência disso, a leitura e os livros acabam não sendo opção para uma população que faz seus corres diários para pôr comida na mesa e manter o seu chão. São espaços que lutam para levar acesso à cultura, saúde e literatura aos seus, mas que encontram grandes dificuldades para instalar, ampliar e renovar seus acervos. O ‘É Dia De Escrever’ surge para fortalecer esses locais e fazer deles um ponto parceiro de arrecadação de livros, distribuição das nossas oficinas e inscrições de interessades para as próximas edições do projeto”, comenta o produtor executivo Junior Matos.

Agradecemos MUITO a todes que doaram livros. agradecemos a quem doou um, e aqueles que doaram dezenas. Agradecemos a todes que em meio a pandemia se dispuseram aí ir até algum ponto de doação deixar seus livros.


Arrecadamos muito mais do que esperávamos, e ainda, por conta da pandemia, deixamos de conseguir recolher centenas de outras doações.


Isso só mostra que estamos no caminho certo, e mais, não estamos sozinhos na luta pelo incentivo a leitura e escrita.


No próximo mês faremos as entregas e postaremos as fotos e lista completa dos livros doados.


Fiquem bem e sigam fortes.


Equipe 'É Dia De Escrever'

11 views0 comments

Recent Posts

See All